Especialistas em arquitetura e engenharia civil defendem que o investimento em casas modulares prefabricadas poderá ser uma opção fiável, mais barata e ecológica para quem quer ter uma habitação própria ou uma casa de férias.

Em múltiplos sites, encontra-se informação interessante e esclarecedora sobre este tipo de solução, nomeadamente quanto à diversidade de configurações disponíveis e às vantagens e inconvenientes da aquisição de casas modulares. O conhecimento destes aspetos pode sustentar melhores decisões por parte de quem pretenda investir neste tipo de habitação, que não será a ideal para todas as situações.

Em termos de «Configuração», as ofertas de produtores nacionais e estrangeiros comportam diferentes dimensões, estruturas, aparência e materiais, possibilitando a escolha de modelos de acordo com os gostos de cada comprador. Os estilos vão desde o minimalista e moderno ao rústico e campestre, os módulos podem ser revestidos a madeira, cimento ou com painéis isoladores de vários materiais e há plantas térreas ou com dois pisos, comportando um, dois ou três quartos.

Como vantagens das casas modulares, são destacados, em primeiro lugar, os curtos prazos de execução, uma vez que a finalização das obras para configurações mais simples pode durar apenas 3 meses. Os benefícios menos evidentes prendem-se com a maior segurança e fiabilidade que os métodos de construção específicos, mais controlados e sujeitos a princípios standard, garantem. Sobressai também como muito vantajosa a possibilidade de as casas serem melhoradas, atualizadas e aumentadas, aliada a preços mais baixos relativamente à construção tradicional, graças a um processo construtivo normalizado e à negociação antecipada dos materiais, em grandes quantidades.

Por outro lado, dado serem construídas em ambiente fechado, é mais fácil um trabalho superior de calafetagem e isolamento térmico, com melhores resultados em termos da capacidade de isolamento, que deve sempre atender ao meio em que a casa modular for implantada. As construções modulares são também concebidas, em termos de estrutura e materiais, para permitirem uma ventilação adequada dos espaços interiores.

Não obstante algumas dificuldades no financiamento e licenciamento de casas modulares, a durabilidade, que pode ser semelhante à de construções tradicionais pela superioridade dos materiais com que são feitas estas «parentes de alta qualidade» das casas prefabricadas, e, sobretudo, a mobilidade que alguns modelos permitem, conferem a esta opção um particular, e crescente, interesse. http://www.archdaily.com.br/br/01-83253/sistema-aberto-modular-de-casas-sustentaveis-savms-slash-cso-arquitectura

Daí que a SmartPlace esteja a estudar o mercado de casas modulares a nível internacional, as suas principais caraterísticas e as vantagens específicas que poderão significar para uma região como a Beira Interior. Especialmente, a Serra da Estrela e a Gardunha poderão ser habitats excelentes para os investidores que pretendam ligar estilo e conforto, preço e qualidade, acrescentando-lhes ainda, eventualmente, o dom da mobilidade.

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será público.