O Governo prepara regras que obrigarão a que constem nas escrituras os detalhes do pagamento dos imóveis transacionados: se através de cheque, terá de ser indicado o número e o banco; quando por transferência bancária, os dados obrigatórios serão o banco e o número da conta.

A aplicação das novas regras significará que os notários terão de certificar a forma como o pagamento foi feito, além do recebimento do dinheiro, que já lhes competia.

Nos responsáveis pela mediação imobiliária recairão também deveres reforçados de comunicação dos negócios, que abrangerão igualmente os arrendamentos superiores a 2 500 euros.

Segundo O Observador, “a medida pretende evitar negócios simulados e branqueamento de capitais, facilitando a identificação do rasto do dinheiro e faz parte de um pacote de propostas de lei destinadas a aplicar as orientações europeias relativas à prevenção do branqueamento de capitais e do financiamento do terrorismo”. http://observador.pt/2017/04/20/escrituras-vao-ter-de-incluir-modo-de-pagamento/

A SmartPlace ficará obviamente atenta a este tema, que é do seu próprio interesse e dos clientes a quem procura prestar os melhores serviços, prometendo continuar a informar o mais atempadamente possível sobre novos desenvolvimentos.

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será público.