A procura de casas de luxo em Portugal tem vindo a aumentar nos últimos tempos, sobretudo por clientes estrangeiros, maioritariamente brasileiros e sul-africanos.

O mercado dos segmentos médio alto e alto em bairros mais centrais de Lisboa, tem merecido a especial preferência de quem tem capacidade financeira para fugir a contextos nacionais menos favoráveis, preferindo a nossa capital a outras como Paris ou Londres.

A procura de apartamentos bem localizados, com vista de mar e estacionamento tem mesmo gerado listas de espera. Mas, além de segurança, sol e benefícios fiscais, os clientes, sobretudo os mais séniores, desejam também tranquilidade e qualidade de vida. Daí que o interesse de investidores estrangeiros se venha alargando dos bairros mais centrais de Lisboa a outras zonas menos caras. http://expresso.sapo.pt/economia/2016-10-15-Ha-lista-de-espera-para-compra-de-casas-de-luxo-em-Cascais

Para a SmartPlace, a promoção adequada dos territórios e mercados imobiliários do Interior, onde a vida é mais tranquila e tem mais qualidade, poderá também aumentar o interesse de potenciais investidores, nacionais e estrangeiros, no âmbito dos segmentos médio alto e alto.

A captação desse interesse pela Região dependerá da forma como forem acolhidos turistas, que são simultaneamente potenciais investidores, levando-os a conhecerem as paisagens e, sobretudo, as gentes beirãs, deixando neles memórias inesquecíveis que os obriguem a voltar e a querer ficar. Onde não há mar, são imponentes as serras, capazes de proporcionarem as mais belas vistas e vivências únicas.

A SmartPlace propõe-se contribuir para o desenvolvimento do Turismo através da mediação e gestão imobiliária no que aos melhores alojamentos locais respeita, a que alia a melhor promoção através das mais recentes tecnologias. Com esta aposta, acredita que conseguirá captar novos investidores para a compra de imóveis, seja para residência permanente ou para férias.

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será público.